Antioxidantes para combater a infertilidade masculina

tratamento-infertilidade-masculina-zaragoza


Dr. Luis Rodríguez-Vela, Diretor do Instituto de Urologia e Medicina Sexual de Saragoça e Professor de Urologia da Universidade. Sou especialista em Urologia, desde 1988, e tenho mais de 25 anos tentando a homens com problemas de fertilidade


A infertilidade afeta 15% dos casais que desejam ter filhos. Entre 50 e 80 milhões de pessoas a nível mundial não conseguem gravidez. O fator masculino é responsável por 50% dos casos de infertilidade.


A American Society for Reproductive Medicine define infertilidade como a ausência de gravidez após doze meses de relações sexuais sem proteção.


Porque ocorre a infertilidade?


O fator masculino é responsável por 50% dos casos de infertilidade. Em 35% dos casais inférteis existe um fator masculino, em outro 35% existe um fator feminino e 30% a causa seria mista (feminino + masculino).


Na caixa de infertilidade do homem de nossa página, descrevemos os diferentes fatores que podem causar infertilidade masculina. Existem patologias muito conhecidas que podem causar infertilidade (varicocele, obstrução da via seminal, hipogonadismo, etc…), mas 30% dos homens que consultam por infertilidade detectar alterações no sêmen (diminuição do número de espermatozóides, baixa mobilidade, alterações da morfologia do espermatoziode) e não encontramos nenhuma causa que justifique estas alterações, a chamamos de “infertilidade idiopática“.


Gostaria de ressaltar que é muito importante realizar um estudo do homem no contexto de uma infertilidade do casal. Esta avaliação do homem permite-lhe encontrar as causas que adequadamente tratadas, aumentam a taxa de gravidez.


Se, após um estudo adequado não encontramos nenhuma causa que explique o problema entraremos infertilidade idiopática. No Instituto de Urologia e Medicina Sexualde Saragoça , realizamos um estudo detalhado do homem à procura de todas as circunstâncias que podem afetar a fertilidade.


Quais são os fatores que poderiam explicar a infertilidade idiopática?


Como discutimos no nosso site, os espermatozóides são formados nos testículos, o processo é complexo e dura cerca de 64 dias. Posteriormente, esses espermatozóides saem dos testículos e, durante cerca de 12 dias circulam no plasma epididimario onde adquirem a capacidade de se mover e poder fecundar o óvulo feminino. A partir do epidídimo e através do deferente chegam às bolhas deferenciales onde ficam armazenados até o momento da ejaculação.


Durante este processo de formação, maturação e transporte, os espermatozóides podem sofrer danos diferente.


Os espermatozóides têm grandes quantidades de ácidos graxos poliinsaturados e são muito vulneráveis ao estresse oxidativo. O estresse oxidativo é induzido por um excesso de espécies reativas de oxigênio (ROS) e foi demonstrado que níveis excessivos de ROS (estresse oxidativo) no líquido seminal podem afetar a qualidade do esperma.


Como afecta o stress oxidativo para a fertilidade?


Diferentes estudos (DESAI et al., ZINI et al., AGARWAL et al.) têm observado que cerca de níveis elevados de ROS no sêmen podem causar infertilidade no homem. Foram detectados níveis elevados de ROS em 40%-88% dos homens com infertilidade idiopática, em mudança, em homens férteis e saudáveis os níveis de ROS são muito mais baixos. (PASQUALOTTO et al.)


Curiosamente, pequenas quantidades de ROS (espécies reativas de oxigênio) são necessárias para concluir o amadurecimento e capacitação do espermatozóide. No entanto, uma produção excessiva e descontrolada de ROS produz sobre o espermatozóide danos biomoleculares, danos sobre o DNA e alterações na membrana.


Estes danos na estrutura do espermatozóide resulta em uma diminuição da mobilidade, defeitos morfológicos (espermatozóides anormais) e uma deficiência na capacidade do espermatozóide para penetrar dentro do óvulo feminino.


Por outro lado, o líquido seminal também encontramos várias substâncias denominadas ” antioxidantes (Vitamina E, Vitamina C, Glutationa, Catalase etc…) que têm a missão de neutralizar o dano causado em espermatozóides por um excesso de produção de ROS.


Diferentes estudos têm demonstrado que em homens com infertilidade a capacidade antioxidante está muito descida e os níveis de ROS são mais elevados em comparação com os homens com níveis normais de ROS (estresse oxidativo).


O tratamento com antioxidantes pode melhorar a infertilidade?


A pergunta completa seria O tratamento com antioxidantes pode melhorar a capacidade antioxidante do sêmen, contrariar a produção de ROS e melhorar a mobilidade e a qualidade dos espermatozóides?


Em uma excelente revisão sobre os efeitos do tratamento com antioxidantes em homens com infertilidade idiopática, IMAMOVIC et al. concluem que a administração de antioxidantes, por via oral, pode jogar um papel importante proteger o espermatozóide dos ROS e pode melhorar a mobilidade e a qualidade dos espermatozóides.


Em um estudo realizado em Portugal (MATEU et al.) 133 homens com infertilidade idiopática se receberam uma combinação de antioxidantes (ácido docosahexaenóico, coenzima Q10, selênio e zinco) durante 3 meses. Após este tratamento com antioxidantes observou-se uma melhoria significativa do número de espermatozóides, a mobilidade progressiva e um aumento da percentagem de espermatozóides normais.


Vários trabalhos têm demonstrado um aumento do número de espermatozóides com diferentes combinações de antioxidantes (L-Carnitina, Coenzima Q10, Vitamina E, Vitamina C, Selênio, Zinco). Em um trabalho utilizando somente coenzima Q10 durante 6 meses, observou-se um aumento significativo do número de espermatozóides com relação aos homens que tomaram placebo. Da mesma forma, uma combinação de clomifeno + vitamina E apresentou um aumento significativo do número de espermatozóides.


Com relação à mobilidade dos espermatozóides, diferentes trabalhos têm demonstrado um aumento significativo da mobilidade progressiva , utilizando vários antioxidantes: Selênio + Vitamina E, Coenzima Q10, L-Carnitina + Vitamina E.


Da mesma forma, diversos estudos utilizando diferentes combinações de antioxidantes demonstraram uma melhoria significativa damorfologia dos espermatozóides. A maioria de estudo, utilizaram uma associação de dois ou três antioxidantes, entre os quais se destacam: Coenzima Q10, L-Carnitina, vitamina E, vitamina C, selênio e Pentoxifilina.


Como mencionado anteriormente, um excesso de ROS (estresse oxidativo) pode produzir danos no DNA dos espermatozóides (fragmentação do DNA). O tratamento com antioxidantes pode reduzir o dano do DNA, sobretudo em homens inférteis com altos níveis de fragmentação do DNA. Neste sentido, vários trabalhos têm demonstrado uma menor fragmentação do DNA após tratamento com diferentes combinações de antioxidantes.


O tratamento com antioxidantes, melhora a percentagem de gravidezes?


Diferentes estudos utilizando durante 6 meses: Coenzima Q10 única; Clomifeno + Vitamina E; L-Carnitina + Vitamina E, Selênio + vitamina E) demonstraram um aumento significativo de abortos espontâneos durante o tratamento.


Da mesma forma, o tratamento com antioxidantes também aumentou a percentagem de gravidezes com técnicas de reprodução assistida em homens com infertilidade idiopática.


EM RESUMO:



  • O fator masculino é apresentado em metade dos casos de infertilidade.

  • Um bom estudo do homem, o que permite detectar causas de infertilidade que adequadamente tratadas aumenta o percentual de abortos espontâneos.

  • Em 30% dos homens com infertilidade não encontramos nenhuma explicação para as alterações do seminograma e a chamamos de infertilidade idiopática.

  • Os antioxidantes podem jogar um papel determinante para proteger os espermatozóides dos ROS (estresse oxidativo) e podem melhorar a qualidade do esperma em homens com infertilidade idiopática.

  • Os estudos realizados com antioxidantes confirmam um efeito benéfico sobre o número e a mobilidade progressiva dos espermatozóides.

  • Os antioxidantes que maior benefício demonstraram são: Coenzima Q10, Vitamina E, Vitamina C, Selênio e Zinco utilizados em diferentes combinações.




Antioxidantes para combater a infertilidade masculina
Rate this post
Libid Gel → Funciona? Preço e Onde Comprar?【DEPOIMENTO】
O que é fimose? Saiba tudo!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published / Required fields are marked *